Portal Alcanede - Ao serviço da Comunidade

Festa em Aldeia da Ribeira despede-se com o tradicional fogo-de-artifício

Escrito por 

A festa anual de Aldeia da Ribeira, Vale do Soupo, Vale das Caldas e Casal da Josefa aproxima-se do seu final. O evento, que evoca São João Crisóstomo, começou no passado dia 24 de janeiro e termina esta segunda-feira ao som de David C e com o habitual fogo-de-artifício a partir da meia-noite.




Ontem, o momento alto do dia registou-se com a cerimónia de entrega da bandeira. Como sempre acontece, a comissão que agora termina as suas funções rumou, em conjunto com a população, até à casa do próximo juiz da festa.

Antes da passagem de testemunho, o Presidente do C.C.R. de Aldeia da Ribeira falou aos presentes, “ser juiz não é um desafio fácil, e por isso, quero dar os parabéns ao Paulo Reis”, juiz da edição deste ano, salientando que “muitos de nós já desempenharam estas funções e sabem bem do que falo”, disse Jorge Rodrigues.

Paulo Reis agradeceu as palavras que lhe foram dirigidas, assim como a “todos os que me ajudaram a fazer esta festa”, pedindo desculpa por “alguma falha que tenha existido da minha parte”, e não esquecendo a sua família, “queria também agradecer à minha mulher tudo o que me aturou durante este ano, não foi fácil. Espero que tudo tenha corrido pelo melhor, fizemos por isso”, desabafou Paulo Reis.

Presente neste ato simbólico esteve também a juíza cessante, que num discurso muito emocionado agradeceu à família e a “todos os que nos ajudaram, em especial a esta comissão”, referiu Carla Inácio, lembrando ainda que “nunca tinha feito nada disto” e que o juiz, que agora cessou as suas funções, “foi um colega espectacular”, ressalvou.

Perante o olhar atento de centenas de pessoas, o próximo juiz começou por dar os parabéns ao “Paulo (Reis) pelo trabalho que fez, bem como aos pais dele, à mulher e às pessoas mais chegadas”, disse Rui Ramos.

O novo responsável lembrou que decidiu aceitar o desafio de ser juiz da festa de 2015,“em homenagem a duas pessoas importantes na minha vida”, colocando em primeiro lugar “o meu avô Ramiro” e no mesmo patamar elevado, “o meu pai”, salientando que ambos “estejam onde estiverem, estarão certamente orgulhosos“, disse visivelmente emocionado.

Rui Ramos salientou ainda que não assume o desafio para competir com ninguém, “não quero ser melhor que os outros, nem pior. O meu objetivo, como juiz, passa por proporcionar à população um bem-estar salutar”, afirmando que tentará levar por diante alguns projetos que tem em mente “para que se divirtam ao fim-de-semana e não estejam apenas em casa e ali sentados nos bancos”, prometendo “trabalhar para os mais velhos”, referiu.

A futura juíza da festa em honra de São João Crisóstomo, também usou da palavra para pedir o apoio da população e lembrar algumas pessoas especiais, “o meu avô e o meu tio, de quem tenho muitas saudades, mesmo”. Com voz embargada, Sílvia Rodrigues apelou ainda ao apoio dos juízes que tinham acabado de passar o testemunho, “para que nos continuem a ajudar”, não esquecendo os seus familiares, nomeadamente o seu marido e filha, “vai ser um pouco complicado para mim, mas com boa vontade tudo se irá fazer”, disse.

Numa cerimónia marcada pela emoção e pelas recordações, José Fernando Ramos, amigo e desde sempre um forte colaborador das várias comissões de festas, falecido em julho do ano passado, foi lembrado de forma muito sentida por todos os presentes, tendo sido prestado um minuto de silêncio em sua memória.

Os emigrantes, este ano presentes em maior número nos festejos de Aldeia da Ribeira, também mereceram uma palavra de agradecimento, em especial o cidadão Manuel Lebre, radicado em França há vários anos, e que de uma forma muito particular tem prestado o seu apoio à organização.

Os festejos, além dos tradicionais bailes, contaram também com as participações da Sociedade Musical e Recreativa do Xartinho (sábado) e da Sociedade Filarmónica de Instrução e Cultura Musical de Gançaria (no domingo). JC Power, Dj Tiago L, Os Lord´s e o Dj Tiago Leiria foram outros dos animadores musicais do evento.

Os alunos da Escola de Danças de Salão de Aldeia da Ribeira também participaram na festa, com uma atuação no salão do Centro Cultural e Recreativo, na noite de domingo, antes do baile com Rui Saraiva.

As celebrações religiosas tiveram o seu momento alto no sábado, com a realização da missa em honra do padroeiro, seguida de procissão, e outra cerimónia agendada para a tarde do último dia da festa. Além da missa, o derradeiro dia do cartaz da festa de Aldeia da Ribeira, Vale do Soupo, Vale das Caldas e Casal da Josefa, 27 de janeiro, será preenchido com a quermesse, o tradicional leilão, baile com David C e o fogo-de-artifício à meia-noite.

Ver Fotos
 

Lido 4290 vezes Modificado em segunda, 27 janeiro 2014 15:39

pub

logo segurant

 

Logo sug
cozicarp