Portal Alcanede - Ao serviço da Comunidade

quinta, 20 agosto 2015 16:40

Junta de freguesia suspende ExpoAlcanede 2015, falta de dinheiro é a razão apontada

Escrito por 

A falta de disponibilidade financeira vai inviabilizar a realização no próximo mês de Setembro da 10ª ExpoAlcanede - 14ª mostra gastronómica. A tomada de posição do executivo liderado pela presidente de Junta, Cristina Neves, foi recentemente transmitida às associações e agora confirmada ao Portal de Alcanede.



“A principal razão que nos leva a não realizar o evento este ano, é única e exclusivamente, a falta de verbas que nos permita fazer a Expo e ainda concretizar outras situações prioritárias para as quais o dinheiro a despender no evento nos faria falta depois”, lamentou a presidente da Junta de Freguesia de Alcanede.

A Lei dos Compromissos e a verificação permanente das disponibilidades financeiras levaram a autarquia de Alcanede a estabelecer prioridades, “para fazer face a outras situações que pretendemos levar a cabo, tais como a instalação do parque infantil, dos aparelhos de manutenção e a cobertura dos balneários do parque desportivo, a realização da Expo não nos deixaria margem financeira para as executar” reconheceu a autarca.

O certame organizado pela JFA tem custos próximos dos 30 mil euros anuais, “só no aluguer das tendas, stands, alcatifas, estrados e cozinhas, a Junta gasta em regra cerca de 25.000 euros por evento”.

As despesas inerentes ao funcionamento do certame contemplam ainda a canalização e esgotos, instalação elétrica e rede de gás, publicidade, licenças e segurança, alimentação dos grupos e animação, entre outras.

A Câmara Municipal de Santarém tem pendentes algumas deliberações de apoio, “mas não tem conseguido ajudar monetariamente o nosso evento, fruto da situação de contenção financeira em que também se encontra” admitiu.

Apesar de todas as contrariedades e ainda sem uma calendarização, o futuro modelo preconizado pela Junta de Alcanede para a Expo, deverá passar pela sua realização em anos alternados, “de modo a permitir equilibrar as despesas, distribuir e aplicar as verbas orçamentais também noutros investimentos necessários”, sublinhou ao Portal de Alcanede, Cristina Neves.

A 1ª mostra gastronómica de Alcanede nasceu em 2001 durante o  primeiro ano de mandato do então presidente de junta, Manuel Joaquim Vieira. A ExpoAlcanede surgiu 5 anos mais tarde, a mostra empresarial, foi na altura impulsionada pelo antigo presidente da Câmara de Santarém, Moita Flores.



Lido 2704 vezes Modificado em quinta, 20 agosto 2015 17:06

pub

logo segurant

 

Logo sug
cozicarp