Portal Alcanede - Ao serviço da Comunidade

terça, 19 dezembro 2017 04:39

Vândalos – Os guardiões do Castelo de Alcanede?

Escrito por 
Classifique este artigo
(16 votos)

Esta madrugada tive conhecimento de mais um ato de vandalismo no Castelo de Alcanede. Dirijo-me aos autores com um desafio, querem ser os guardiões do Castelo? O que vos digo é verdade, não esperem de mim que vos trate mal, que vos chame nomes ou que procure humilhar, por palavras. Prefiro conversar convosco, na boa, sem stress.



Tenho a certeza que sabem a minha morada em Alcanede e fiquem também com a certeza que não os denunciarei, porque, o que desejo, já vos disse: “Guardiões do Castelo”.

Na nossa conversa, entre outras coisas, vos direi, destruir os muros do Castelo ou o que quer que seja do monumento, é o mesmo que destruírem a vossa casa e atirarem pedras aos vossos pais, irmãos e amigos, é isso que querem?

O que fizeram nem sequer é radical, nem sequer tem adrenalina. No meu tempo descíamos a encosta do castelo numa piteira e se batêssemos com a cabeça numa rocha ou numa árvore à velocidade que atingíamos, morríamos na certa, sem jeito nenhum.

Atravessar a muralha que fica junto ao pinheiro numa tábua, era morte certa, porque a altura é de 8 metros ou mais e não morreu ninguém porque não calhou.

Não é nada disto que quero para vocês. Lembram-se? O desafio consiste em serem, Guardiões do Castelo.

Reúnam e decidam, o que querem fazer? Se não vierem ter comigo e com o meu irmão, nós vamos ter convosco.

Acontece que não tem o mesmo valor. Explico, como posso pedir que sejam guardiões do Castelo se nem sequer tiverem coragem para apenas conversarmos?

Se nós formos ter convosco, não irá acontecer nada de especial, porque, já iremos à partida com a certeza que vocês nunca conseguirão ser os guardiões de coisa nenhuma, não queremos isso.

O que queremos é que guardem o castelo. Queremos que mantenham a iluminação que foi reposta e que vocês partiram repetidas vezes, apenas por maldade.

 

Aproveito para vos dizer que o Castelo, já nem casteleiro tem, esperamos confirmação dessa notícia.
Aproveito também para dizer que a antiga presidente de junta, Cristina Neves, apesar do monumento estar fora das suas competências, tentou fazer alguma coisa pelo monumento e esforçou-se.

Aproveito para dizer que o atual presidente, Manuel Joaquim Vieira, vai também esforçar-se para dar algum “brilho” ao Castelo. A iluminação foi algo que me deixou muito satisfeito e decerto a todos os Alcanedenses.

Por isso, "meus amigos", precisamos de vocês para guardarem o Castelo, porque temo que se não forem vocês, futuros guardiões do Castelo, a ajudarem a pelo menos não destruir.

A tutela do monumento é a primeira a destrui-lo de abandono vergonhoso, absolutamente lamentável de irresponsabilidade ao mais alto nível, porque não fazem nem deixam fazer, não nos importamos que gastem dinheiro com o Castelo de S. Jorge, mas ao menos deixem cuidar do que resta do nosso Castelo do vosso Castelo, por isso futuros Guardiões, deixem-se de coisas e não rebentem com os muros, pedras e iluminação, vamos conversar...

 

 

Contatos

Carlos Coelho: 93 848 48 11

Correio eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

NOTA: As fotos foram retiradas do facebook da página pessoal do presidente da junta de freguesia, Manuel Joaquim Vieira

Lido 1671 vezes Modificado em terça, 19 dezembro 2017 12:55